Adaptação


1.Atitudes da educadora:
- Ao encontrar com a criança: aproximação, respeito, afeto.
- Conhecer o nome da criança anterior a sua chegada.
- Criar um clima de segurança afetiva individual e coletiva;
- Deve manter a tranquilidade frente as manifestações de inadaptações das crianças (birras, choro);
- Atenção individualizada, não exclusiva – sobre todos os momentos do dia: chegada, despedida, horas da alimentação, entendendo-os como momentos de grande importância para a relação individual e afetiva das crianças.
- Conhecimento da criança atráves de entrevistas com os pais, observando a criança e suas reações ante as situações do cotidiano da escola.


2. Adaptação do grupo.
- A medida em que vão se adaptando, organizar atividades para as crianças entrarem em contato com o resto do grupo: conhecimento de todos os membros do grupo..- Conhecimento da etapa evolutiva sendo vivenciada pela criança, entendendo o egocentrismo característico da etapa, ajudando a superá-lo por meio de atividades em grupo – que aprendam a compartilhar materiais, que aprendam a cuidar e a guardá-los.
- Favorecer que a criança canalize a agressividade surgida em situações que tenha que compartilhar objetos, atenção das professoras, buscando fórmulas alternativas ( não retire este brinquedo do seu amigo, pegue outro na estante...) - Entenda a conduta agressiva da criança como forma de relacionamento normal, pois está em período de adaptação.Cabe ao educador colocar limites;.


3. Adaptação ao novo espaço.
-Conhecimento do espaço-classe: objetos, móveis.
-Conhecimento do material.
-Conhecimento do parque.
-Conhecimento do banheiro.
- Conhecimento do refeitório.

4. Relacionamento com os pais.
- Dar confiança e segurança aos pais.
- Procura que entradas e saídas sejam menos conflitivas: paciência com os pais;
- Ponha limites claros aos pais desde o príncipio (pontualidade, limites claros, etc) evitando os enfrentamentos.


Nota: Explicar sempre as crianças todas as situações novas que possam viver: situações cotidianas, atividades, entrada

Nenhum comentário:

Postar um comentário